Como escolher um pulverizador

Hoje em dia, o pulverizador agrícola é uma máquina essencial para os agricultores que têm de tratar grandes áreas de cultivo com fertilizantes ou pesticidas, com vista à nutrição adequada das plantas ou ao controle de ervas daninhas, doenças e pragas nas culturas. Os principais componentes de um pulverizador são o tanque, o sistema de aplicação, os bicos (ou pontas) de pulverização e o regulador de pressão. Este guia fornece-lhe informações fundamentais sobre os pulverizadores para o ajudar a escolher entre as várias opções disponíveis no mercado.

Pulverizadores: ver produtos

  • Como escolher o pulverizador agrícola ideal?

    A fim de escolher o pulverizador agrícola certo, deve ter em conta a cultura a que o equipamento se destina, a extensão da área de pulverização, o tipo de sistema de aplicação e a capacidade do tanque. Estes são os principais pontos que abordamos neste guia:

    • Diferentes pulverizadores para diferentes culturas
    • Tecnologias de pulverização
    • Novidades em pulverização agrícola
  • Que pulverizador escolher de acordo com o tipo de cultura?

    O tipo de cultura que pretende tratar vai determinar, em grande parte, a escolha do pulverizador.

    •  Para aplicar produtos em culturas arbóreas, precisará de um pulverizador que passe entre as fileiras de árvores. Um pulverizador de pomar será, então, o mais indicado. Este tipo de equipamento pode ser montado em um trator ou em um quadriciclo, conforme o espaço disponível e a manobrabilidade necessária. Mais concretamente, o trator é a melhor opção para grandes plantações com entrelinhas largas e o quadriciclo para entrelinhas de largura inferior a 4 m.

    De notar que, neste último caso, também se poderá usar um pulverizador costal se se tratar de uma área relativamente pequena.

    • Para a pulverização de culturas arvenses, precisará de um equipamento capaz de aplicar doses uniformes em áreas extensas. O mais indicado será o pulverizador de barra. Este pode ter até 18 bicos de pulverização. A vazão e a pressão máximas variam de acordo com o tipo de bomba do equipamento. As barras mais comuns são as de 3,5 m, 6 m e 9 m de comprimento.
    Pulverizador de barra HUSTLER

    Pulverizador de barra HUSTLER

    Pulverizador costal MANTIS ULV

    Pulverizador costal MANTIS ULV

    Pulverizador para pomares UNIA

    Pulverizador de pomar UNIA

  • Quais as diferentes tecnologias de pulverização?

    Um dos principais objetivos da aplicação de agrotóxicos é a distribuição uniforme do produto em toda a folhagem da cultura. A subdosagem pode não garantir uma boa cobertura nem um controle eficaz. Por outro lado, a aplicação de doses acima das recomendadas aumenta o risco de contaminação das águas subterrâneas.

    Para a correta aplicação do produto, é imprescindível escolher a tecnologia adequada ao uso previsto: 

    • Os pulverizadores hidráulicos possuem um sistema de bombeamento que transporta o produto através de mangueiras, do tanque de armazenamento até aos bicos de pulverização. O produto é, então, projetado sobre as folhas das plantas na forma de gotas com 200 a 400 mícrons de diâmetro.
    • Os pulverizadores de baixo volume (BV) produzem uma névoa de produto (0,05-100 mícrons). Para tal, a calda é injetada em uma corrente de ar de alta velocidade, gerada por um ventilador, um soprador ou um compressor. Na maioria dos casos, é uma pequena bomba que injeta a solução concentrada de agroquímicos na corrente de ar. A velocidade da corrente de ar pode atingir mais de 300 km/h. Para se conseguir uma boa cobertura, o ar presente entre as folhas da planta deve ser substituído pela névoa que contém o produto fitossanitário. Como as gotas deste tipo de pulverizadores são bastante mais pequenas, é possível obter uma boa cobertura com menos quantidade de produto.
    Pulverizador hidráulico TOSELLI

    Pulverizador hidráulico TOSELLI

    Pulverizador de baixo volume NOBILI

    Pulverizador de baixo volume NOBILI

  • Quais as novidades em pulverização agrícola?

    Numa altura em que o mundo enfrenta os efeitos devastadores das mudanças climáticas, é importante que o setor agrícola minimize o impacto da sua atividade no meio ambiente.

    Nesse sentido, está a recorrer‑se cada vez mais à pulverização aérea com drones e à pulverização direcionada.

    • Os drones utilizados na pulverização agrícola são bem mais leves do que um trator e até mesmo que um quadriciclo, o que significa que consomem bastante menos energia do que estes veículos. Além disso, permitem aplicar produtos fitossanitários com elevada precisão em qualquer tipo de terreno. O uso de drones evita, ainda, o risco de manobras perigosas com veículos terrestres quando é necessário pulverizar terrenos acidentados. São equipamentos simples e práticos. Os modelos mais comuns são fáceis e rápidos de começar a utilizar, nomeadamente graças às funcionalidades de velocidade fixa e estabilização de altitude.
    • A tecnologia de pulverização direcionada permite reduzir significativamente o uso de herbicidas em plantações e terras em pousio, bem como efetuar aplicações noturnas e diurnas. Quando detecta ervas daninhas em culturas em crescimento ou terras em pousio, seja de dia seja de noite, executa a aplicação direcionada e precisa do produto em cada planta. Além dos benefícios ambientais, a pulverização direcionada ajuda a aumentar a rentabilidade do agricultor, pois pulveriza o herbicida apenas onde é necessário, reduzindo assim a quantidade de produto aplicado.
    Drone pulverizador

    Drone pulverizador

    Pulverização direcionada

    Pulverização direcionada

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.