Como escolher um trator

Um trator é um veículo automotor de rodas ou rastos destinado a trabalhos agrícolas ou florestais. Na maioria das vezes, é usado para puxar um reboque, uma alfaia ou outro equipamento, consoante o tipo de trabalho a efetuar. Por exemplo, antes de iniciar a plantação de um campo de milho, o agricultor poderá usar um trator para arrastar uma charrua ou arado e preparar a terra. A fim de o ajudar a escolher o trator mais adequado às suas necessidades, este guia aborda os principais aspetos a ter em conta, como os diferentes tipos de tratores e respetivas aplicações.

 

Tratores: ver produtos

  • Como escolher o trator certo?

    A escolha de um trator depende, em grande parte, do tipo de trabalho a que aquele se destina. Os tratores podem ser utilizados para desempenhar três tipos principais de funções: tração de alfaias e outros equipamentos, acionamento de equipamentos por tomada de força e transporte/movimentação. Neste guia, apresentamos os vários tipos de tratores e indicamos como escolher o mais adequado a cada função. Analisamos, ainda, dois outros fatores a considerar, a saber o tamanho da exploração agrícola e as várias gamas de preços dos tratores, com o intuito de lhe fornecer o máximo de informação possível para o orientar na sua escolha.

    • Tipos de tratores
    • Aplicações / funções
    • Tamanho da exploração
    • Preços
  • Quais os diferentes tipos de tratores?

    Dada a diversidade de tratores existentes no mercado, é importante começar por distingui‑los para depois identificar o mais adequado ao tipo de trabalho que se pretende efetuar. De um modo geral, podem ser agrupados nas seguintes categorias: pernalta, florestais, estreitos, de perfil baixo e microtratores.

     

    Tratores pernalta: também chamados “cavaleiros”, são tratores agrícolas de três ou quatro rodas. A sua configuração permite‑lhes passar por cima de culturas mais altas. São sobretudo utilizados em vinhas com entrelinhas bastante estreitas; os modelos mais comuns passam sobre 1 ou 2 linhas de vinha. É possível instalar diversos tipos de equipamentos neste tipo de tratores, a fim de realizar operações de espalhamento de estrume, pulverização de produtos fitossanitários, colheita, lavoura, etc. 

     

    Tratores florestais: são tratores robustos de rodas ou de rastos com, pelo menos, dois eixos. A função destes tratores varia de acordo com a sua potência de tração, prevista para puxar, empurrar, carregar ou acionar alfaias, máquinas ou reboques utilizados na silvicultura.

     

    Tratores estreitos: como o nome indica, destacam-se pela sua largura especialmente reduzida. São fáceis de manobrar e de preço mais acessível do que outros tipos de tratores, mas têm menos potência. São frequentemente utilizados em pomares e outras culturas de árvores, pois podem movimentar‑se entre as filas de árvores, nomeadamente para realizar operações de colheita, fertilização e controlo de ervas daninhas.

     

    Tratores de perfil baixo: têm uma altura livre até 45 cm (distância entre o ponto mais baixo do trator e o solo) e altura total máxima de 150 cm. São projetados para trabalhos em que o operador deva ter uma boa visibilidade do terreno à sua frente.

     

    Microtratores: são também chamados minitratores e tratores subcompactos por terem um chassi mais pequeno. Oferecem a força e a versatilidade de um trator utilitário compacto, mas com a facilidade de manobra de um veículo 4×4 e a sensação de conduzir um trator de jardinagem.

     

    Trator VIRTUS STAGE IV da Same

    Trator da série VIRTUS STAGE IV da Same

  • Como escolher um trator que atenda as exigências do trabalho?

    Os tratores que têm como principal função a tração de alfaias e outros equipamentos (como charruas, arados, escarificadores, etc.) apresentam as seguintes características: peso elevado, motor potente e boa capacidade de elevação. Os tratores com tomada de força (TDF ou PTO) transmitem potência a máquinas e alfaias agrícolas, como grades rotativas e trituradores agrícolas, permitindo conferir movimento às suas partes rotativas e cilindros, por exemplo. Devem ter um motor potente, boa capacidade de elevação e pneus com baixa pressão. Os tratores para transporte e movimentação têm, geralmente, atrelado um reboque agrícola ou ainda um  espalhador de estrume. Devem ser fáceis de manobrar, ter um peso (sem carga) inferior a 9 toneladas e uma cabina que proporcione excelente visibilidade ao operador.

     

    Resumimos aqui vários aspetos a ter em conta ao escolher um trator para cada uma das seguintes aplicações:

     

    • Tração de alfaias (implementos) e de outros equipamentos: será necessário um trator pesado com grande distância entre eixos. Deve ter rodas dianteiras e traseiras grandes e um motor com um binário elevado a fim de assegurar maior capacidade de tração. Convém optar por um modelo com um consumo específico tão baixo quanto possível, que será mais económico. É importante que a transmissão ofereça opções de velocidade adequadas às características dos terrenos onde se vai trabalhar.

     

    • Tomada de força (TDF ou PTO, do inglês power take-off) para acionamento de alfaias e de outros equipamentos: o binário máximo do motor deve aproximar‑se tanto quanto possível do regime normalizado da tomada de força. Se for necessário efetuar trabalhos que exijam uma velocidade de avanço inferior a 2 km/h, o trator deve ter uma transmissão com super-redutor (modo creeper) para velocidades ultrabaixas. São aconselhados pneus com baixa pressão para evitar a compactação do solo.

     

    • Transporte e movimentação: é importante que os tratores utilizados para este tipo de tarefas tenham uma transmissão suave e um sistema de travagem potente e eficiente (geralmente pneumático), no caso de ser preciso fazer uma travagem de emergência. São, maioritariamente, tratores leves e que oferecem uma boa visibilidade ao operador.

     

    Trator da série N da Valtra

    Trator da série N da Valtra

  • Como escolher um trator em função da área do terreno?

    É aconselhável escolher a potência do trator de acordo com a área do terreno em que irá operar. Para uma exploração com menos de 5 hectares, bastará um trator com uma potência de 30 cv a 60 cv. Para explorações muito grandes, será necessário um trator com potência mínima de 100 cv, sendo mais adequado optar por tratores de 200 cv ou de 300 cv. Também se deverá ter em conta as condições do solo: no caso de um terreno rochoso com declives, a potência do trator deverá ser maior do que se este for usado um terreno plano.

    Trator 6155MH da John Deere

    Trator 6155MH da John Deere

  • O que considerar em termos de preços ao escolher um trator?

    O preço é um fator muito importante na hora de comprar um trator. Embora a escolha esteja necessariamente condicionada pelo orçamento disponível, importa não esquecer que o preço do trator normalmente varia em função da sua qualidade (equipamentos acessórios, potência, etc.). Por exemplo, um trator novo de excelente qualidade com, pelo menos, 50 cv vai representar um investimento de 15 000 euros, no mínimo. Este tipo de tratores permite realizar a maioria das atividades agrícolas em pequenas explorações. Se quiser mais potência, digamos a partir de 300 cv, e compatibilidade com maior número de alfaias e máquinas agrícolas, terá de contar com, pelo menos, 180 000 euros para a compra de um trator novo.

     

    Trator MGX-IV da KUBOTA

    Trator MGX-IV da KUBOTA

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.